Aquecimentos inusitados de Mello no Flu mudam clima: 'Havia desânimo'

Virou cena comum no Fluminense. Antes de iniciar os treinamentos, Antônio Mello reúne os jogadores para uma brincadeira. Já teve briga de galo, corredor para lançar os jogadores para o alto e até corrida de trenzinho com os atletas sentados no chão (veja no vídeo ao lado). Os métodos inusitados do preparador físico tricolor foram adotados após uma constatação: a falta de alegria com o momento conturbado que o clube vivia após a demissão de Abel Braga. Os exercícios trouxeram de volta o sorriso e foram aprovados pelo elenco.

Ao comentar, Mello fez questão de ressaltar o bom trabalho realizado por Cristiano Nunes, preparador físico que estava com Abel Braga. No entanto, quando chegou ao lado de Vanderlei Luxemburgo, encontrou os jogadores desanimados pela série de cinco derrotas consecutivas.

- Todos estavam bem treinados, apesar do desgaste pelos jogos em sequência. Mas havia uma certa morosidade na cabeça. Senti que o pessoal não estava tão animado. Então procurei implementar estas brincadeiras lúdicas, para que todos confraternizem e que a gente tenha uma boa atmosfera de trabalho - analisou.

A intensa sequência de jogos pela qual o Fluminense vem passando acaba dificultando o dia a dia de trabalho do preparador. Mello disse que tem procurado priorizar o descanso já que o risco de cansaço e fadiga muscular é bem maior neste cenário.

- Existe um desgaste forte pelo qual os jogadores estão passando. São muitos jogos. Nesta temporada, existe a possiblidade de um clube disputar quase 80 partidas. É demais. Fora que todas são decisivas. Não existe mais aquele papo de cumprir tabela. E quando isso acontece a fadiga se torna maior - finalizou.

O próximo jogo do Fluminense acontece na noite desta quarta-feira, às 21h50m (de Brasília), diante do Goiás, no Maracanã. O confronto é o primeiro válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Fonte: Globo Esporte