Fluzão estreia na Copa do Brasil com vitória de 1 a 0 sobre o Goiás, no Maracanã

Estreia com vitória e sem tomar gols. Foi assim que o Fluminense derrotou por 1 a 0 o Goiás no Maracanã, na noite desta quarta-feira, 21, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Samuel fez o gol que deu vantagem ao Tricolor na partida de volta, na próxima quarta-feira, 28, às 19h30, no Serra Dourada. O Fluzão pode empatar ou até mesmo perder por um gol, desde que marque na capital goiana. Se perder por 1 a 0, a vaga nas quartas será decidida nos pênaltis.

O Fluminense quase marcou com menos de um minuto de jogo, num lance em que o goleiro e a zaga do Goiás trombaram. Aos 16, o Tricolor voltou com tudo. Em jogada rápida, Samuel recebeu pela esquerda e tocou para Carlinhos, que chutou de primeira, no canto direito, mas Renan espalmou para escanteio. Em mais uma investida pela esquerda, Carlinhos cruzou na cabeça de Fred e a bola explodiu na trave, aos 26.

Aos 31, Walter chutou de longe e Cavalieri agarrou com segurança. Na sequência, Igor Julião fez grande lançamento para Fred que matou no peito e não conseguiu concluir após boa saída do goleiro. Depois, o camisa 12 tricolor voltou a defender com tranquilidade em nova conclusão do Goiás, aos 37.

O gol do Fluzão saiu aos 42, num lance de muita pressão. Carlinhos cruzou, Fred tentou primeiro, Igor Julião depois e a bola sobrou a feição para Samuel concluir de pé direito. A torcida cantou forte no Maracanã: “Vamos Fluzão, vamos ganhar, sou do clube tantas vezes campeão, vim para torcer, vim para gritar e por você a vida inteira eu vou cantar”. O juiz encerrou o primeiro tempo logo depois, aos 46 cravados.

Aos cinco, Cavalieri salvou o Fluminense ao defender magistralmente pênalti cobrado por Walter. No rebote, a defesa, atenta, aliviou para escanteio. Aos 10, Carlinhos fez mais um cruzamento e a zaga jogou pela linha de fundo. Na cobrança, Gum cabeceou e Carlinhos quase conseguiu marcar de cabeça. Em mais uma investida, Jean fez grande jogada individual aos 19, mas a defesa conseguiu evitar o chute do meia tricolor.

O Fluminense procurava brechas na defesa adversária tocando a bola, enquanto o Goiás se fechava tentando armar contra-ataques. Marcos Junior jogava aberto para dar opções de jogada a Deco. Cavalieri continuou exibindo habitual segurança em chutes de longe, com Walter e Dudu Cearense. Aos 45, o goleiro tricolor fez ótima defesa numa cabeçada do atacante Walter e o jogo acabou.

– Vamos decidir fora de casa. Foi importante não levar gol e conquistar a vantagem. Jogaremos em Goiânia de igual para igual em busca da classificação – declarou Diego Cavalieri, após a partida.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 0 GOIÁS


Local: Maracanã.
Data-Hora: 21/8/2013 – 21h50 (de Brasília).
Árbitro: Marcos André Gomes (ES).
Auxiliares: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP).
Cartões amarelos: Jean, Gum e Diguinho (Flu); Walter e Dudu Cearense (Goiás).
Gol: Samuel, aos 42′/2ºT (1-0).

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Igor Julião, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Willian (Diguinho – 17′/2ºT), Jean e Felipe (Deco – 28′/2ºT); Kenedy, Samuel (Marcos Junior – 27′/2ºT) e Fred. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

GOIÁS: Renan; Vitor, Rodrigo, Ernando e Willian Matheus; David, Welinton Júnior (Sasha – 15′/2ºT), Dudu Cearense (Neto Baiano – 42′/2ºT), Hugo (Ramon – 37′/2ºT) e Renan Oliveira; Walter. Técnico: Enderson Moreira.

Comunicação Institucional FFC
Fotos: Nelson Perez/Divulgação FFC
Fonte: Site Oficial do Fluminense FC