Na chegada ao Rio, Eduardo comemora gol, mas lamenta derrota

O dia poderia ser mais especial para Eduardo. O apoiador revelado em Xerém entrou no segundo tempo da partida contra o São Paulo e marcou no finalzinho seu primeiro gol como profissional do Fluminense. Mas o belo chute não foi suficiente para evitar a derrota por 2 a 1, no Morumbi. No desembarque do time, no Aeroporto Santos Dumont, no fim da noite deste domingo, ele lamentou o resultado ruim do Tricolor, mas comemorou o fato de ter desencantado.

- O gol é bom porque traz confiança para continuar a briga por um lugar no time. Mas infelizmente não temos muito o que comemorar, afinal de contas o Fluminense saiu derrotado. O ideal seria no mínimo um empate, mas agora passou e temos de trabalhar já pensando na Copa do Brasil - afirmou.

Eduardo sabe que não deve ser titular na próxima quarta-feira, diante do Goiás. No entanto, garantiu que se sente cada vez mais confortável entre os profissionais do Fluminense e espera ganhar cada vez mais oportunidades de mostrar seu futebol.

- Aos poucos vou pegando meu ritmo e conquistando meu espaço. Espero continuar ajudando, contribuindo com o sucesso do Fluminense e quem sabe no futuro agarrar a minha vaga - finalizou.

Diego Cavalieri e Vanderlei Luxemburgo permaneceram em São Paulo após a partida contra o São Paulo. O Fluminense se reapresenta nesta segunda-feira, às 15h (de Brasília), nas Laranjeiras. Com 18 pontos, o clube ocupa a 15ª colocação no Campeonato Brasileiro.

O time volta a entrar em campo na próxima quarta-feira, contra o Goiás, na partida de volta pelas oitavas de final da Copa do Brasil, às 19h30m, no estádio Serra Dourada. Qualquer empate dá a vaga ao Fluminense. Vitória do Goiás por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis e qualquer vitória por dois gols de diferença do Esmeraldino leva o time do Centro-Oeste para as quartas de final da Copa do Brasil.

Fonte: Globo Esporte