Após definição da lesão, Fred conversa com Parreira: 'Sou muito grato a ele'


O atacante Fred terá de ter muita força de vontade nos próximos meses, para enfrentar o complexo tratamento da recente lesão muscular na coxa direita. O jogador perderá boa parte dos compromissos do Fluminense pelo Campeonato Brasileiro, e também da Seleção, como por exemplo os próximos amistosos contra Austrália e Portugal.

Mas para suportar esse momento difícil, ele contará com o apoio de um amigo de longa data: Carlos Alberto Parreira, hoje coordenador técnico da Seleção Brasileira. Ele foi a primeira pessoa que Fred ligou após a confirmação do estiramento muscular na parte anterior da coxa direita.

- Parreira é um cara que me ajudou muito e que tenho como amigo também. Eu sou muito grato ao Parreira não só (por estar presente) nos momentos de dificuldade, mas pelos momentos alegres que passamos juntos desde 2006, quando era um garoto - disse Fred à Rádio Tupi.

Foi Carlos Alberto Parreira quem convocou Fred pela primeira vez para a Seleção Brasileira, ainda em 2005. Foi ele também que levou o centroavante para a Copa do Mundo de 2006. Os dois trabalharam juntos no Flu, em 2009. Além disso, o hoje coordenador técnico também foi importante para o bom desempenho do camisa 9 na última Copa das Confederações.

- Sou muito grato a ele até hoje, com essa responsabilidade que tenho de ser o camisa 9 da Seleção Brasileira. O Parreira me ajudou bastante - comentou o jogador do Fluminense.

A nova lesão de Fred deixará o atacante fora de ação por um período de dois a três meses. Ele já iniciou o tratamento com os fisioterapeutas do Fluminense. O camisa 9 passou por exames de imagem e ressonância magnética em Belo Horizonte (MG), acompanhado do médico da Seleção, Rodrigo Lasmar, foi liberado e não precisou se apresentar em Brasília.

Fonte: LanceNet