Atualmente estamos operando somente nas nossas redes sociais oficias

Guia: Criciúma embola fuga do Z-4 e aumenta riscos do Vasco para 42%

O confronto direto de dois representantes do Z-4, a dez jogos para o término do Campeonato Brasileiro, poderia deixar os três últimos colocados com elevados riscos de degola, ou embolar de vez a briga contra a Série B. E embolou. A vitória do Criciúma em casa sobre o Vasco fez com os times invertessem as posições na tabela (os catarinenses em 17º e os cariocas em 18º) e que sete clubes terminassem a rodada com no mínimo 20% de perigo de queda, segundo cálculos do matemático Oswald de Souza. Fora o Náutico, virtualmente rebaixado com 99,9%, e Ponte Preta, outra forte candidata à Segundona com 92%, cinco equipes estão mais ameaçadas: Coritiba (31%), Portuguesa (23%) e São Paulo (20%), além dos próprios Tigre (41%) e Cruz-Maltino (42%).

Outros que viram seus riscos de rebaixamento aumentarem com os resultados da rodada, ainda que poucos por centos, são Bahia, Flamengo e Corinthians. A ameaça ao Tricolor pulou de 10% para 14% com a derrota para o Goiás no Serra Dourada; ao Rubro-Negro aumentou de 4% para 7% após o revés para o Botafogo no Maracanã; e ao Alvinegro subiu de 6% para 7% depois do empate com o São Paulo no Morumbi.

Na contramão do Z-4, o G-4 segue o caminho para uma definição sem surpresas. Com o Cruzeiro já garantido e os demais representantes da zona somando pontos na rodada, a porcentagem mínima para um dos clubes assegurar uma vaga na Libertadores do ano que vem subiu de 76% para 81%. Grêmio e Botafogo - que retomou o posto de vice-líder - cada um possui 90% de possibilidade de classificação, enquanto o Atlético-PR está com 81%. Os concorrentes dos três têm menos de 10% de chances, sendo os mais próximos Vitória (9%), Internacional (8%) e Goiás (8%), trio que aproveitou o fator casa na rodada e venceu Coritiba, Náutico e Bahia, respectivamente. O Atlético-MG, quinto colocado a seis pontos do quarto, não entra na briga porque já tem vaga garantida no principal torneio do continente por ser o atual campeão.

Guia do título

Na disputa pela taça de campeão, o Cruzeiro segue bem cotado mesmo com a derrota no clássico para o Atlético-MG - o segundo revés seguido. Graças à gordura que acumulou com 18 vitórias e cinco empates na competição, a Raposa ficou com 10 pontos de vantagem na ponta e ainda tem 94% de probabilidade de erguer o troféu. Mas Botafogo, Grêmio e Atlético-PR se dão ao direito de sonhar mais alto. Após as vitórias sobre Flamengo e Portuguesa, respectivamente, Botafogo e Atlético-PR saíram das casas decimais: o Alvinegro viu sua porcentagem subir de 0,7% para 2%, e o Furacão, de 0,3% para 1%. Apesar de sofrer o empate fora de casa nos acréscimos para o Fluminense, o Grêmio também teve seu número de 2,5% para 3% de título. Segundo Oswald, embora o Tricolor tenha caído para terceiro no campeonato, pesa a seu favor o fato de ter ainda pela frente um duelo direto com o líder.

- Apesar do Grêmio estar atrás do Botafogo, pelo fato de ainda jogar contra o Cruzeiro, ele tem mais chances de ser campeão. O confronto direto é uma vantagem enorme - explicou o matemático.

Fonte: Globo Esporte

About Me

Tecnologia do Blogger.

Blog Archive

Comments

Destaques

Facebook

Destaques

Find Us On Facebook

Random Posts

Advertise

Futebol

Nosso Instagram

Social Share

Random Posts

Destaques

Sponsor

Recent comments

Destaques
Destaques

Labels

Labels

Advertise

Destaques

Recent Comments

Destaques

Popular Posts

Recent Comments

Pages

Pages

Popular Posts

Most Popular

Curta nossa Fan page

Destaques