Luxa completa um turno à frente do Flu e traça meta contra rebaixamento

Um time ainda à procura da cara de seu treinador. Esse é o irregular Fluminense de 2013 no Campeonato Brasileiro. No empate diante do Grêmio no último sábado, o técnico Vanderlei Luxemburgo completou um turno à frente da equipe. Depois de enfrentar as 19 equipes da competição nacional, o desempenho é apenas regular, com 26 pontos ganhos e 45,6% dos pontos conquistados. Por conta disso, Luxa avisa: ainda tenta dar sua identidade à equipe.


- Tivemos meio turno bom e meio turno ruim (risos). Mas o time ainda não tem a minha cara. Até tirei a barba para ficar um pouco mais bonito. Minha mulher estava reclamando. Não estava agradando mais - brincou o treinador após o empate por 1 a 1.

Em busca dos 46 pontos

Contra o Grêmio, o roteiro de adversidades que vem marcando a passagem de Luxa pelas Laranjeiras se repetiu. Além da série de desfalques, o treinador viu seu time sair atrás no placar e ainda perder Biro Biro, expulso por simulação. A torcida quase se revoltou. Um grupo chegou a puxar o grito de "time sem vergonha" no meio do segundo tempo, mas o protesto logo foi abafado por vaias e pelo hino do clube. Logo em seguida, Rafael Sobis soltou o chute que contaria com um desvio providencial para empatar o jogo.

Embalado pelo apoio de sua torcida, o grito mudou. Passou a ser de "time de guerreiros". Mas Vanderlei sabe que a briga ainda não terminou. Mesmo após emendar oito jogos de invencibilidade, no que Luxa definiu como "meio turno bom", o Fluminense já se vê às voltas com a zona do rebaixamento novamente. Com 35 pontos, está a apenas três do Vasco, primeiro time do Z-4 e que tem ainda um jogo a menos. Por isso mesmo o comandante tricolor já faz até as contas.

- Temos que chegar aos 46 pontos. Essa é a pontuação para sair da confusão. Falo de projeção, não apenas pela pontuação, mas pelo equilíbrio atual da tabela. Precisamos chegar a essa marca para poder descansar no travesseiro. O negócio está complicado ainda, mas vamos conseguir sair - resumiu.

Em busca da salvação, o Fluminense terá uma missão dura na próxima quarta-feira. O Tricolor vai até o Mineirão para enfrentar o líder Cruzeiro, às 19h30m (de Brasília), pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Diguinho, Marcos Junior e Biro Biro estão fora do confronto, suspensos.

Fonte: Globo Esporte