'Alô, é das quartas ?' Fluminense bate a Ferroviária e pega o Inter nas quartas da Copinha

O Fluminense derrotou a Ferroviária por 2 a 0 na tarde desta sexta-feira, no estádio Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto, e conseguiu uma vaga nas quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. No domingo, a equipe carioca, segunda maior vencedora da história do torneio com cinco títulos, vai enfrentar o Internacional, que passou pelo São Carlos por 2 a 1.

A chuva, presença frequente em jogos da Copinha, castigou jogadores e torcedores ao longo de toda a partida, mas ajudou a amenizar o calor de São José do Rio Preto. Em campo, o Fluminense confirmou o favoritismo e teve mais posse de bola durante toda a partida.

Flu domina, mas não faz

O Fluminense dominou o jogo desde os primeiros minutos. Comandada pelo meia Gustavo Scarpa, a equipe tentou aproveitar o campo molhado com chutes de fora da área, mas parou nas boas defesas do goleiro da Ferroviária, Guilherme. Marlon Freitas também se destacou na armação das jogadas, e acionou muito o lateral-esquerdo Leonardo, que apoiou o ataque durante toda a partida.

Na melhor chance da primeira etapa, aos 18 minutos, Gustavo Scarpa costurou pela área, driblou dois adversários e saiu na cara do goleiro, mas chutou fraco, nas mãos de Guilherme.

Gol com três minutos e mais domínio do Flu
Depois de muito tentar ao longo do primeiro tempo, a equipe carioca conseguiu o gol logo no início da segunda etapa. Leonardo, que continuava atuando como um ala pela esquerda, recebeu bom passe, entrou na área e chutou cruzado, rasteiro, para abrir o placar.

Aos 20 minutos, o lateral quase repetiu a dose: após entrar na área com velocidade, ele chutou forte mais uma vez, mas acertou a trave. No final da partida, a Ferroviária ainda buscou o empate, comandado por João Gabriel, mas não conseguiu levar perigo ao gol de Matheus.
Nos minutos finais, o volante Luis Fernando foi expulso pelo segundo cartão amarelo e não poderá jogar na próxima fase. Ainda assim, o time conseguiu encaixar um contra-ataque e fechar o placar com Gustavo Scarpa, que ficou cara a cara com o goleiro, teve calma e tocou rasteiro: 2 a 0.

Fonte: Globo Esporte