Atualmente estamos operando somente nas nossas redes sociais oficias

Mesmo com histórico ruim, Flu confia em eliminar jogo de volta na quinta

Não importa como começa e, sim, como termina. O lema bem que poderia ser o resumo do Fluminense na Copa do Brasil, competição na qual estreia diante do Horizonte, nesta quinta-feira, às 21h50m (de Brasília), no Ceará. Campeão, duas vezes vice e ainda com outra participação em semifinal, o Tricolor costuma não eliminar o jogo de volta na primeira fase: conseguiu vencer o rival, por dois ou mais gols, em apenas cinco de 15 oportunidades (33% de aproveitamento). O histórico ruim, porém, não desanima o grupo. Há confiança de fazê-lo e ganhar folga no calendário em um período decisivo do Carioca. 

O regulamento passou a prever a não realização da partida de volta em 1995, ano em que o Flu não participou do torneio de mata-mata. Era necessário, na época, alcançar diferença de três gols no primeiro duelo. Na edição seguinte, com a equipe atualmente dirigida por Renato Gaúcho presente, o requisito baixou para dois gols. E vencer o CRB, em Maceió, por 4 a 1, foi o suficiente. 

A lista do sucesso contempla ainda os confrontos com o Santa Cruz-PB (1997), o ABC (1998), o Caxias-SC (2004) e o CENE (2006). O curioso é que, na edição de 2007, a do título, com Renato no comando, o time carioca precisou jogar em casa para superar o América-RN. É com conhecimento de causa, portanto, que o treinador trata do assunto com o grupo. 

- Sabemos da importância de eliminar a volta. É importante ir lá e matar o jogo para ter um descanso na semana, afinal, logo em seguida tem a semifinal do Carioca. Vamos tentar. É difícil. Temos de respeitar, mas é o objetivo - comentou Chiquinho, atleta que deve ser improvisado na lateral-esquerda na vaga de Carlinhos. 

O calendário está assim preenchido depois de quinta. No domingo, o Flu encara o Volta Redonda, na última rodada da fase classificatória do estadual. Os dias 26 e 30 de março estão reservados à semifinal. A partida de volta com o Horizonte, se ocorrer, será em 10 de abril, três dias antes de eventual segunda partida da final do Carioca. 

A mesma estatística mostra um alento: o Flu só perdeu em duas estreias. Em 2002, foi derrotado pelo Sampaio Corrêa por 2 a 1 e, em 2005, pelo o Campinense por 1 a 0. Em suas outras 17 participações, venceu 11 e empatou quatro.

Fonte: Globo Esporte

About Me

Tecnologia do Blogger.

Blog Archive

Comments

Destaques

Facebook

Destaques

Find Us On Facebook

Random Posts

Advertise

Futebol

Nosso Instagram

Social Share

Random Posts

Destaques

Sponsor

Recent comments

Destaques
Destaques

Labels

Labels

Advertise

Destaques

Recent Comments

Destaques

Popular Posts

Recent Comments

Pages

Pages

Popular Posts

Most Popular

Curta nossa Fan page

Destaques