Carlinhos cobra renovação e pensa com carinho em sair do Fluminense


Normalmente, jogadores de futebol fogem do assunto negociação. Carlinhos, porém, mudou a regra nesta sexta-feira, dia de reapresentação após a vitória sobre o Horizonte, nas Laranjeiras. Ao ser perguntado sobre eventual proposta para deixar o Fluminense, o lateral-esquerdo elevou o tom em relação à direção. Cobrou a renovação de contrato, prometida no ano passado, disse precisar resolver a vida e admitiu analisar com carinho a mudança.

O contrato de Carlinhos termina em 31 de dezembro, portanto, a partir de junho pode assinar pré-contrato com outro clube. No ano passado, quase foi contratado pelo Galatasaray, da Turquia. Na época, de acordo com ele, o Fluminense prometeu estender o vínculo. Algo que não ocorreu.

- No ano passado tive oferta do Galatasaray, foi algo real. Conversamos aqui de renovar o contrato. E até hoje isso não aconteceu. Com filho recém-nascido, fica mais complicado (Miguel nasceu em janeiro). Preciso resolver a minha vida. Chega uma hora que não posso viver só de promessa. Penso, agora, com mais carinho em uma saída. Deixo claro que a preferência é do Fluminense, mas tenho de ter uma definição - disse o camisa 6.

Carlinhos, aliás, disse esperar resolver a situação até julho, época em que a janela de transferências ao mercado europeu volta a abrir. Para ele, trata-se do limite de conviver com a indefinição:

- Tenho de resolver a minha vida até julho.

Em entrevista ao GloboEsporte.com, no mês passado, Ricardo Tenório, vice-presidente de futebol, disse que as renovações de contratos dos jogadores que estão por terminar, caso de Carlinhos, seriam tratadas no momento oportuno. Carlinhos, a julgar pelas declarações, entende que ele já chegou.

Fonte: Globo Esporte
Texto: Hector Werlang
Foto: Reprodução Internet