Cristóvão implanta treinos pela manhã, e grupo celebra fim de indisposição


Inaugurada na segunda-feira, a rotina de treinos pela manhã irá prosseguir por toda a semana no Fluminense. É mais uma diferença no método de trabalho que Cristóvão Borges trouxe ao clube ao substituir Renato Gaúcho. O grupo de jogadores gostou da mudança e celebrou até o fim de indisposição causada pelo excesso de trabalhos no período da tarde.

Cristóvão assumiu o Flu em 3 de abril. Na primeira semana, preferiu manter a programação feita pelo antecessor. Aos poucos, começou a mudar. Esperou a classificação à segunda fase da Copa do Brasil, diante do Horizonte, para alterar de vez. Renato, desde a época da pré-temporada em Mangaratiba, preferia comandar as sessões à tarde.

- É questão de preferência mesmo. Falando como jogador é até melhor porque você acorda mais disposto, dorme mais cedo e depois sobra um tempinho para ficar com a família também. Quando o treino é à tarde, acaba dormindo tarde e acordando tarde também. E isso deixa um pouco indisposto. O grupo todo está ciente, concordou com a situação, foi uma boa decisão, mas partiu do treinador mesmo – comentou Wagner.

Os trabalhos serão sempre em um período até o sábado, dia de enfrentamento com o Figueirense pela estreia no Brasileirão. Até lá, a ideia é mostrar evolução física, técnica e tática.

- A primeira semana de trabalho foi muito boa. Deu resultado contra o Horizonte. Foi para isso que trabalhamos com o Cristóvão. Ficamos felizes de já ter dado frutos. Agora espero que possamos começar o Brasileiro com o pé direito – completou o meia.

É o que todos os tricolores esperam.

Fonte: Globo Esporte
Foto e Texto : Hector Werlang