Fred marca dois gols, Fluzão goleia por 3 a 0 e elimina Tupi-MG da Copa do Brasil

Com dois gols de Fred e um de Walter, o Fluminense venceu por 3 a 0 o Tupi-MG, em Juiz de Fora, e se classificou diretamente para a terceira fase da Copa do Brasil, sem a necessidade do segundo confronto. Foi a terceira partida do time sob comando do técnico Cristóvão Borges, com três vitórias, 11 gols marcados e nenhum sofrido. O volante Valencia completou 100 jogos com a camisa do Tricolor de Coração.

Contra um time totalmente fechado em seu campo de defesa, o Fluminense priorizou a troca de passes para tentar achar espaços no campo de ataque. As triangulações eram uma boa saída e depois de tabela entre Conca e Rafael Sobis, Fred quase marcou aos cinco minutos. O Tricolor tinha maior posse de bola e não deixava o Tupi incomodar muito sua defesa.

Outra boa alternativa de ataque era pelas pontas. Numa dessas descidas, Sobis cruzou da direita, aos 18, e Fred ganhou do goleiro, mas a zaga afastou. Dono de mais de 70% da posse de bola, o Flu abriu o marcador com Fred, aos 23, depois de lindo passe de Bruno para Sobis, que deu assistência precisa para o artilheiro marcar seu segundo gol na Copa do Brasil.

O faro apurado de Fred voltou a funcionar aos 32, quando Wagner recebeu na esquerda, cruzou, Sobis cabeceou e a bola procurou o camisa 9 tricolor, que não perdoou e estufou as redes do Tupi fazendo seu segundo gol na partida. Aos 36, o time mineiro chegou com perigo, mas a bola saiu à esquerda de Diego Cavalieri.

O Fluzão começou com tudo no segundo tempo e quase marcou logo aos três, numa conclusão de Conca, bem defendida pelo goleiro do Tupi. Oito minutos depois, Conca mostrou esperteza ao bater rapidamente lateral para Wagner que descobriu Fred em boas condições, mas a zaga tirou. Na sequência, Jean bateu por cima do gol e logo depois foi a vez de Carlinhos experimentar mais um chute de longe.

Aos 15, Sobis recebeu de Conca e soltou a bomba. A bola passou raspando o travessão de Gonçalves. Mesmo com ritmo mais cadenciado, o Fluminense continuou tomando conta das ações do jogo e sempre levava perigo. Aos 24, Conca quase ampliou após jogada de Sobis e Fred, que mostrou categoria habitual na função de pivô.

Principal arma do Tricolor, a troca de passes em velocidade foi mais uma vez fatal aos 36. Conca mostrou inteligência num lindo passe para Bruno que cruzou na cabeça do atacante Walter. O camisa 18 marcou o gol 200 do Fluzão na Copa do Brasil. Carlinhos chutou cruzado, com perigo, aos 45, e Walter também tentou um minuto depois. Aos 47, pouco antes de o juiz terminar o jogo, Conca carimbou a trave esquerda em tiro de direita.

O próximo adversário do Fluminense na Copa do Brasil será América de Natal ou Náutico, que ainda não se enfrentaram pela segunda fase da competição.

Comunicação Institucional FFC
Fotos: Nelson Perez/Divulgação FFC
Fonte: Site Oficial do Fluminense FC