Marcos Felipe comemora 18 anos com o título da Taça GB de juniores


O goleiro Marcos Felipe completa 18 anos neste domingo, 13, mas o presente chegou antecipado. Neste sábado, 12, o jovem arqueiro tricolor foi campeão da Taça Guanabara Sub-20 com o time de juniores do Fluminense e teve a oportunidade de comemorar o título com seus companheiros e com a torcida do Fluzão. Os guerreiros de Xerém, que já haviam derrotado o Nova Iguaçu no jogo de ida da decisão, no Estádio Laranjão, por 2 a 0, voltaram a vencer a equipe da Baixada na partida de volta, desta vez por 2 a 1, no Estádio Presidente Manoel Schwartz, em Laranjeiras.

Após o jogo, ainda vibrando por mais uma conquista na base, o goleiro fez questão de agradecer aos companheiros pelo presente de aniversário.

- É uma enorme satisfação. Jamais imaginei que poderia comemorar o meu aniversário deste jeito. Realmente, é um grande presente para mim. Espero poder comemorar assim nos próximos anos também. Tenho que agradecer bastante a Deus e aos meus companheiros por todo o empenho. Foi um título espetacular – disse.

Marcos já foi integrado ao elenco profissional do Fluminense e, portanto, habitualmente treina nas Laranjeiras. Contudo, para que o atleta mantenha o ritmo de jogo, em diversas situações ele retorna a Xerém, onde tem a oportunidade de entrar em campo e fazer o seu bom trabalho. De acordo com o jogador, não há desmérito em voltar a jogar nos juniores. Principalmente, quando se pode fazer a diferença e ainda de quebra adicionar mais uma medalha dourada à coleção.

- Para mim, conquistar um título é bom demais em qualquer tipo de situação. Poder retornar à base e ajudar o time de juniores a ser campeão é um motivo de felicidade e orgulho. Agora é seguir trabalhando forte para novas conquistas, seja na base ou no profissional – comentou.

Segundo Marcos Felipe, é provável que durante a campanha do Flu na Taça Rio o goleiro titular seja o húngaro Daniel Kovacs. Ele revelou que vai torcer pelo sucesso do companheiro e tentar ajudar de todas as formas possíveis.

- Existe um rodízio natural de goleiros na base. Há a possibilidade de o Daniel ficar no gol durante a campanha na Taça Rio. Cabe a mim passar a experiência que eu já adquiri e torcer pelo sucesso dele também – concluiu.

Texto: Comunicação institucional FFC
Foto: Bruno Haddad FFC
Fonte: Site Oficial do Fluminense FC