Bruno e Mariano: o curioso caso da lateral direita do Fluminense

No filme “O Curioso Caso de Benjamin Button”, o personagem central nasce envelhecido, aparentando que lhe restaria poucos dias de vida. Mas, ao longo da trama, vai se rejuvenescendo. Dois jogadores, da mesma posição, viveram algo parecido com a sua imagem perante à torcida do Fluminense. Os casos dos laterais-direitos Mariano e Bruno.

Mariano chegou em 2009 às Laranjeiras, vindo do rebaixado Ipatinga no ano anterior pelo Campeonato Brasileiro. Não era uma boa temporada para o Fluminense, muito menos para o lateral. Criou-se uma aversão da torcida ao seu futebol. Vaias, mais vaias e banco. Quase foi negociado. Aos poucos recuperou lugar no time, firmou-se na incrível arrancada final que livrou o time da queda para a Série B. No ano seguinte, foi campeão brasileiro. 

Bruno demorou mais tempo. Viveu fase complicada de 2013 até a chegada de Cristóvão Borges há quatro jogos atrás. São poucas partidas para dizer que caiu nas graças dos tricolores, mas as vaias cessaram, os pontos de vista começaram a mudar um pouco. Tem rejuvenescido sua imagem com as arquibancadas, assim como o seu antecessor, atualmente no Bordeaux, da França. 

- Quando cheguei no Fluminense, todos me falavam isso, que o Mariano chegou e foi contestado. É um exemplo para mim, nunca deixou de trabalhar. Sempre foi abraçado pelos companheiros e acredito que estou nesse caminho, posso chegar e mostrar meu futebol. Eu sou muito fã dele, um cara com exemplos bons e tenho que colher isso - disse Bruno.

Mais aliviado com a diminuição das cobranças das arquibancadas, Bruno espera seguir com as boas atuações para não voltar a “envelhecer” sua imagem.

- A gente se sente mais confiante, acolhido. É importante o torcedor estar do seu lado. Tem que estar com a cabeça aqui dentro do clube. A torcida está abraçando o time, e isso só tem a ajudar.

O Fluminense volta a campo no sábado, às 21h (de Brasília), contra o Vitória, no Maracanã, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O time lidera a competição com seis pontos.

Fonte: Globo Esporte
Foto: Montagem sobre foto da Photocâmera
Texto: Diego Rodrigues