Fluminense mostra força jogando em sua casa e bate por 4 a 2 o Criciúma

Sem perder no Maracanã desde maio, no Campeonato Brasileiro, o Fluminense comprovou sua força jogando em casa e bateu por 4 a 2 o Criciúma, na noite deste sábado, 18, mantendo suas chances de se classificar para a Taça Libertadores de 2015. Depois de sair atrás do placar, o Tricolor marcou através de Wagner, duas vezes, Conca e Fred e conquistou sua 12ª vitória na competição. Ronaldo Alves e Lucca fizeram os gols do time catarinense.

Diante de um adversário bem postado na defesa, o Fluminense teve maior posse de bola, com mais de 60% em alguns momentos, mas não conseguia criar muito perigo. A partida se concentrava no meio de campo, com muita marcação em cima dos jogadores de criação.

Os lances de emoção ficaram para o fim do primeiro tempo. O primeiro aos 44 minutos, quando o Criciúma abriu o marcador numa jogada de bola parada, com o zagueiro Ronaldo Alves.

A injustiça no placar foi desfeita dois minutos depois em jogada de Walter, que cruzou para a área e a bola sobrou para Wagner empatar a partida para o Tricolor. Logo depois o árbitro determinou o fim da primeira metade do jogo.

Aos quatro minutos do segundo tempo o Fluminense chegou à virada. O zagueiro estreante Guilherme Mattis lançou na área, Walter escorou de cabeça, Fred ajeitou e Wagner fez um bonito gol, chutando de primeira, no canto direito do goleiro Bruno. O terceiro gol saiu aos dez, em jogada pela direita. Bruno cruzou para a área, Walter chutou de primeira, o goleiro soltou e Conca aproveitou o rebote com muito oportunismo.

O Fluminense ainda teve duas boas oportunidades, num cruzamento de Bruno e na sequência numa bomba de Conca, que o goleiro espalmou, aos 22. Um minuto depois, Lucca diminuiu para o Criciúma. O time catarinense ensaiou uma reação enquanto o Tricolor tentava matar o jogo.

Até que aos 39, Fred decidiu mais uma vez para o Fluzão. Conca cobrou falta na área e o artilheiro tricolor foi agarrado dentro da área pelo zagueiro Rodrigo Souza, que foi expulso no lance. O capitão cobrou o pênalti com perfeição no canto esquerdo de Bruno, que caiu para o direito.

Com a vitória o Fluminense chegou a 45 pontos e está em sétimo lugar no Brasileiro. O Santos não pode vencer o Palmeiras neste domingo para que o Tricolor permaneça na posição. A equipe diminuiu a diferença para o G4 para dois pontos, mas Atlético, Grêmio e Corinthians também jogam na 29ª rodada.

FLUMINENSE 4 x 2 CRICIÚMA

Data:18/10/2014 (sábado)
Local: Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã), no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Auxiliares: Carlos Augusto N. Júnior (SP) e Anderson José de M. Carvalho (SP)
Público: 11.214 pagantes / 13.472 presentes
Renda: R$ 310.005,00
Cartões amarelos: Bruno, Conca, Edson e Fred (FLU); João Victor, Rodrigo Souza, Zé Carlos e Joílson (CRI)
Cartão Vermelho: Rodrigo Souza (CRI)
Gols: Wagner, aos 46 do primeiro tempo e aos 5 do segundo tempo, Conca, aos 10 do segundo tempo, e Fred, aos 40 do segundo tempo (FLU); Ronaldo Alves, aos 44 minutos do primeiro tempo, e Lucca, aos 25 minutos do segundo tempo (CRI)

Fluminense: Diego Cavalieri; Bruno, Guilherme Mattis, Marlon e Chiquinho (Rafinha); Edson, Jean, Wagner (Carlinhos) e Conca; Walter (Biro Biro) e Fred. Técnico: Cristóvão Borges

Criciúma: Bruno; Eduardo, Joílson, Ronaldo Alves e Giovanni; Rodrigo Souza, Serginho, João Vitor e Lucca (Rafael Costa); Souza (Zé Carlos) e Bruno Lopes (Gustavo). Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Comunicação Institucional FFC
Foto: Nelson Perez/Divulgação FFC
Fonte: Site Oficial do Fluminense FC

Postar um comentário

0 Comentários