Atualmente estamos operando somente nas nossas redes sociais oficias

A um ano dos Jogos Rio 2016, Fluminense se orgulha de fazer parte desta história


O Rio de Janeiro está em contagem regressiva para os Jogos Olímpicos. Falta pouco para a cidade viver o momento mais esperado pelo esporte brasileiro. No dia 5 de agosto de 2016, o Brasil entra no Maracanã para a Cerimônia de Abertura dos primeiros Jogos Olímpicos realizados na América do Sul. O objetivo é colocar o Brasil entre os dez primeiros no quadro total de medalhas do Rio 2016 e incentivar o país a se manter nesta posição.

Parte importante da história do esporte olímpico no Brasil, o Fluminense teve papel importante nas conquistas ao longo de muitas décadas. Em 1907, o clube inaugurou a sua primeira quadra de tênis e em 1911 já contava com quatro. Em 1919 foi a vez do Parque Aquático e o Stand de Tiro. Já em 1920, nos Jogos Olímpicos da Antuérpia, Afrânio Antônio da Costa conquistou a primeira medalha olímpica da história do país, ganhando a prata na competição de tiro. Ele e Guilherme Paraense, que também conseguiu a primeira medalha de ouro para o Brasil, fizeram parte da equipe brasileira que conquistou o bronze por equipes na modalidade tiro-livre-pistola ou revólver.

Mais tarde, em 1949, o clube recebeu a Taça Olímpica, que é o mais alto e cobiçado troféu do desporto mundial. Também chamada de Taça de Honra, tem como finalidade reconhecer anualmente, aquele que, no juízo do Comitê Olímpico Internacional (COI), mais mais fez em prol do olimpismo e do esporte. O Prêmio Nobel dos Esportes, como é conhecido, é uma concessão feita pelo COI após rigoroso e detalhado exame dos dossiers apresentados pelos clubes candidatos.

Para receber a honraria, o clube deve ser exemplo de organização administrativa e um vitorioso nos setores esportivos, sociais, artísticos e cívicos. Um complexo de perfeição durante um ano inteiro, e escolhido como o melhor dentre as demais instituições do mundo. O Fluminense é o único clube da América Latina a ter seu nome na Taça Olímpica até hoje

Ao longo das edições realizadas, o Fluminense teve sua força representada por vários atletas que defenderam o Brasil com muita garra. Nomes como Afrânio Antonio Costa (Tiro), Jorge Frias de Paula, João Havelange e Djan Madruga (natação), Nilton Pacheco de Oliveira (Basquetebol) e Juliana Veloso (Saltos Ornamentais) terão em 2016 a ajuda de Maria Bruno, Juliana Damico, Priscila Japiassu, Luisa Borges e Duda Miccuci (nado sincronizado) e Ingrid Oliveira (saltos ornamentais), que deixarão a marca do Tricolor no mundo esportivo.

Julia Rodrigues – Comunicação Institucional FFC
Foto: Nelson Perez
Fonte: Site Oficial do Fluminense FC

About Me

Tecnologia do Blogger.

Blog Archive

Comments

Destaques

Facebook

Destaques

Find Us On Facebook

Random Posts

Advertise

Futebol

Nosso Instagram

Social Share

Random Posts

Destaques

Sponsor

Recent comments

Destaques
Destaques

Labels

Labels

Advertise

Destaques

Recent Comments

Destaques

Popular Posts

Recent Comments

Pages

Pages

Popular Posts

Most Popular

Curta nossa Fan page

Destaques