Atualmente estamos operando somente nas nossas redes sociais oficias

Menos de dois meses após fratura, Vinícius entra na reta final da recuperação


O relógio marcava 36 minutos do segundo tempo, no Serra Dourada, quando Vinícius armava jogada pelo lado direito do campo. Sozinho, com a bola nos pés, o meia viu o pesadelo começar quando atravessava o melhor momento na carreira. Estava realizando o sonho de se firmar no Fluminense. Naquela vitória por 2 a 1 sobre o Goiás, no dia 28 de junho, o camisa 29 sofreu uma fratura no quinto metatarso do pé esquerdo. Precisou passar por uma cirurgia e, dois meses depois, está em fase final de recuperação para voltar aos gramados.

Nesta semana, por exemplo, Vinícius voltou a trabalhar com bola com o restante do elenco. Há poucas semanas, no entanto, até correr era difícil. Cada passada equivalia, como ele próprio conta, a uma pontada no pé esquerdo. Foram horas na fisioterapia do clube, sob olhares atentos da equipe coordenada por Nilton Petrone, o Filé. A cirurgia foi realizada pelo chefe do departamento médico tricolor, Douglas Santos. Agora, vendo toda a evolução clínica, o meia conta os dias para voltar a defender as cores do Fluminense.

- Foi minha primeira cirurgia e confesso que demorou um pouco para cair a ficha de que iria ficar um tempo sem jogar. Aconteceu em uma fase muito especial para mim, em que estava crescendo junto com a equipe, fazendo gols. Mas o Fluminense mostrou mais uma vez que tem um grupo forte. Temos nos mantido no G4, que é o mais importante. Hoje o sonho de ser campeão brasileiro por um grande clube pode estar próximo e vou fazer de tudo para ajudar nisso quando voltar – avisou o meia, que em seguida comentou sobre a fase atual da recuperação da cirurgia.

- Minha recuperação tem sido muito boa, e essa fase de transição é a melhor parte, na qual já começo a fazer trabalhos com bola e vou matando a saudade de voltar a fazer o que mais amo. A ansiedade toma conta, mas também não posso me precipitar. Quero voltar 100% recuperado.

Logo depois do procedimento cirúrgico, Vinícius passou alguns dias em Curitiba. Perto da família e dos amigos na cidade natal, o jogador começava a recuperação. A mãe o acompanhou nos primeiros dias no Rio de Janeiro. Do elenco tricolor, os amigos Victor Oliveira e Giovanni – este último também lesionado atualmente – foram os grandes companheiros. Os dois visitaram o meio-campista no hospital logo após a operação. Por isso, a lista de agradecimentos quando ele voltar a campo será extensa.

- Vou dedicar aos meus pais, família e amigos. O departamento médico do clube também foi fundamental. Os profissionais sempre surpreendiam nos trabalhos de fisioterapia e se preocupavam em não me deixar ficar triste com a lesão, usando palavras de incentivo. Quero agradecer também a todos os torcedores que nas minhas redes sociais sempre me deram muita força e mostraram que sou importante nessa busca do penta – ressaltou Vinícius.

Se nos seis primeiros meses defendendo as cores do Fluminense, Vinícius conquistou a torcida com uma vontade fora do comum, chegando a sair de campo até com o olho roxo. Agora, a promessa é de que o guerreiro volte ainda mais disposto a dar a vida – expressão que ele gosta de usar – pelo clube das três cores que traduzem tradição.

Thiago Bokel – Comunicação Institucional FFC
Fotos: Nelson Perez – Divulgação FFC
Fonte: Site Oficial do Fluminense FC

About Me

Tecnologia do Blogger.

Blog Archive

Comments

Destaques

Facebook

Destaques

Find Us On Facebook

Random Posts

Advertise

Futebol

Nosso Instagram

Social Share

Random Posts

Destaques

Sponsor

Recent comments

Destaques
Destaques

Labels

Labels

Advertise

Destaques

Recent Comments

Destaques

Popular Posts

Recent Comments

Pages

Pages

Popular Posts

Most Popular

Curta nossa Fan page

Destaques