Atualmente estamos operando somente nas nossas redes sociais oficias

Fluminense prioriza legado na estrutura em negociação com comitês

Após mostrar os planos de Botafogo e Flamengo no Especial Clubes Olímpicos, chegou a vez de o LANCE! falar do Fluminense. O Tricolor ainda não firmou acordo com um comitê olímpico, mas vem negociando com vários países para ceder o espaço do Parque Aquático das Laranjeiras, que pode abrigar modalidades como natação, nado sincronizado, saltos ornamentais e pólo aquático; o ginásio para vôlei e basquete e até o centro de treinamento da base em Xerém, que pode receber delegações de futebol, rugby e até hipismo (com algumas adaptações).

Parque Aquático das Laranjeiras (Foto: Divulgação)
A reportagem conversou com o vice-presidente de esportes olímpicos do clube, Márcio Trindade, que ressaltou qual é o principal objetivo do Fluminense nestas conversas que vem acontecendo:

– O nosso objetivo maior é criar um legado no clube. Agrupar o maior número de equipamentos para as delegações terem estrutura para trabalhar. Queremos atender e receber bem. O objetivo do Fluminense não está no faturamento, mas sim no que vamos deixar para os atletas que aqui trabalham. Como gestor eu prefiro que haja uma parceria total, deixando como legado até um intercâmbio de atletas.

Diversos países já fizeram sondagens e visitas às Laranjeiras, como França, Rússia, Grã-Bretanha, Estados Unidos, Holanda, Canadá, Suécia, Itália, Coréia do Sul e Cazaquistão, por exemplo.

– O ideal seria ter só uma delegação, mas podemos subdividir. O parque aquático vem sendo muito procurado, está nas normas internacionais. Já o ginásio é mais complicado, pode haver conflito de horários. Também pensamos no lado do associado, que utiliza o clube no dia a dia – explica Márcio.

CT da base em Xerém também pode ser usado

Além da tradicional sede das Laranjeiras, outro patrimônio do Fluminense também pode ser utilizado por comitês internacionais durante as Olimpíadas de 2016: o Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras, em Xerém, que foi construído em 1983 para abrigar as categorias de base do futebol do clube.

Este Centro de Treinamento poderia abrigar delegações de modalidades como Futebol, Rugby, Atletismo e até Hipismo. Para esta última, seria necessário realizar algumas adaptações. Alguns comitês estudam a possibilidade de utilizar o local.

Outro fator além dos campos é que o CT conta com um alojamento que foi reformado recentemente. Se for de interesse das delegações, eles também poderiam ser utilizados como uma mini Vila Olímpica, como explicar Márcio Trindade:

– Em Xerém pode abrigar rubgy, futebol, atletismo e até hipismo, que necessitaria de algumas adaptações. Nós temos os alojamentos que podem receber os atletas de qualquer delegação. Este serviço de hotelaria pode ser um diferencial. Funcionaria como uma pequena Vila Olímpica recebendo estes atletas.

Estrutura do futebol usada

A equipe de futebol do Flu ainda treina nas Laranjeiras. O CT em Jacarepaguá vem sendo construído, mas a tendência é de que não esteja em condições de ser utilizado em 2016. E a estrutura que os jogadores utilizam também ficarão à disposição das delegações que acertarem como o Tricolor.

Locais como a academia do clube, os departamentos médicos e de fisiologia foram bem avaliados pelos comitês internacionais que visitaram a sede tricolor.
Notícias recomendadas para você

Texto: Matheus Babo

About Me

Tecnologia do Blogger.

Blog Archive

Comments

Destaques

Facebook

Destaques

Find Us On Facebook

Random Posts

Advertise

Futebol

Nosso Instagram

Social Share

Random Posts

Destaques

Sponsor

Recent comments

Destaques
Destaques

Labels

Labels

Advertise

Destaques

Recent Comments

Destaques

Popular Posts

Recent Comments

Pages

Pages

Popular Posts

Most Popular

Curta nossa Fan page

Destaques