Após empate sem gols no tempo normal, Rio Branco vence o Flu nos shoot-outs e avança à semifinal da Superliga

Foto: Eduardo Aires/JORNALF7.com
Em jogo muito disputado, o Rio Branco venceu o Fluminense por 3 a 2 nos shoot-outs após empate em 0 a 0 no tempo normal. A partida válida pelas quartas de final da Superliga Fut7, o Brasileiro da modalidade, foi realizada na manhã deste domingo (8) no Iate Clube Jardim Guanabara, Ilha do Governador, Zona Norte do Rio de Janeiro. Com o resultado, a equipe capixaba carimbou o passaporte para voltar à cidade maravilhosa em dezembro na disputa das semifinais da competição nacional.

O primeiro lance de perigo da partida decisiva, só aconteceu aos sete minutos, quando Fabinho recebeu passe de Lequinho na entrada da área e chutou de primeira, mas a bola saiu por cima do travessão assustando o goleiro Ciro, do Rio Branco. Após a primeira tentativa de abrir o placar, o Fluminense passou a ter mais posse de bola e com toques rápidos tentava se infiltrar na defesa adversária.

Sem muitas chances de perigo, a partida passou por um período de muita disputa pela posse de bola e pouca emoção. Tanto que, só aos 20 minutos o Fluminense voltou a atacar, com Tenório que dominou a bola na ponta esquerda e chutou cruzado para boa defesa do arqueiro do Rio Branco.

Antes que o primeiro tempo terminasse, Rhuan aproveitou sobra de bola na entrada da área após cobrança de escanteio e chutou de primeira, mas a bola foi para fora levando perigo ao arqueiro tricolor, Igor Lourenço aos 24 minutos. Sem mais nenhuma emoção, a primeira etapa terminou aos 25 minutos, empatada parcialmente em 0 a 0.

O segundo tempo começou totalmente diferente e, logo aos dois minutos, o Rio Branco levou perigo ao gol do Fluminense. Rhuan recebeu lançamento na ponta direita e sem deixar a bola cair, chutou de primeira para excelente defesa do goleiro tricolor, quase o primeiro da partida.

Aos sete, Noro recebeu lançamento dentro da área e ajeitou de cabeça para Cebola, que bateu de primeira da entrada da área e Ciro operou um milagre salvando o Rio Branco. Depois de um período sem chances claras de gol, aos 15 minutos, Fabinho recebeu passe na ponta esquerda e chutou cruzado para boa defesa do arqueiro capixaba.

Aos 24, Balão cobrou lateral para Bruninhio que de primeira, emendou lindo voleio de fora da área para defsa incrível de Igor Lourenço. No minuto seguinte, a defesa tricolor atrasou bola errada, Bruninho roubou a bola e chutou em cima de Igor que colocou para escanteio. Sem mais nenhum lance de perigo, a arbitragem apitou o fim do confronto aos 27 minutos da segunda etapa.

Com o placar de 0 a 0, a partida foi ser decidida nos shoot-outs, com três cobranças para cada equipe. Na primeira rodada, Bruno Gazeta para os capixabas e Ribeiro, para os cariocas, marcaram. Nas cobranças seguintes, Carioca, pelo Rio Branco e Bruno Queixo, no lado tricolor desperdiçaram. Na última rodada da série de três, Bruninho e Wruck marcaram o gol para ambas as equipes.

Com o empate em 2 a 2 na primeira série, o confronto foi para a série de cobranças alternadas. Gato marcou para o Rio Branco, enquanto Marquinhos chutou para defesa de Ciro. Fim de partida, Rio Branco classificado à semifinal da Superliga após vencer o Fluminense por 3 a 2 nos shoot-outs.

Fonte: JornalF7
Texto: Leonardo Santos