Fluminense bate o Petrópolis por 2 a 0 e volta ao G4

Em busca de uma vaga nas quartas de final da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, o Fluminense venceu o Petrópolis por 2 a 0, com gols de Leno e Deco e assumiu a terceira colocação do grupo A. A partida foi realizada na noite desta quinta-feira (12), no Iate Clube Jardim Guanabara, Ilha do Governador, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Precisando da vitória para entrar no G4 do grupo A, o Fluminense foi para cima e não deu tempo do Petrópolis se encontrar no jogo. Logo aos três minutos, Igor Brum acha Leno sozinho na segunda trave e o camisa sete tricolor abre o placar, 1 a 0 para o Tricolor das Laranjeiras.

Mantendo a pressão, aos cinco minutos, Brum passa para Wruck que avançando pela ponta esquerda, domina e bate para fora, assustando a meta defendida por Hugo. Aos 10, o Petrópolis chegou perto do empate com Coutinho, que após passe de Walace chutou de primeira da entrada da área, mas a bola foi para fora, tirando tinta da trave direita do arqueiro Igor Lourenço.

Foto: Davi Pereira/JORNALF7.com
Após o primeiro lance de perigo da equipe da Região Serrana, o Fluminense passou a trocar mais passes e administrar a vantagem que tinha no placar. Aos 15 minutos, Cebola recebeu lançamento longo de Bruno Queixo na ponta direita, dominou e bateu de perna direita, a bola bateu na rede pelo lado de fora, assustando a meta do arqueiro de Petrópolis.

Aos 18 minutos da primeira etapa, o Petrópolis pediu tempo técnico e voltou com o goleiro Hugo jogando mais avançado e sempre com a bola nos pés. Já o Flu, dava campo para o adversário e passou a apostar nos contra-ataques rápidos para ampliar a vantagem no placar.

Sem mais nenhum lance de perigo até os 26 minutos, a arbitragem da partida encerrou o primeiro tempo do confronto, vencido parcialmente por 1 a 0 pelo Fluminense.

O Petrópolis voltou mais atento no segundo tempo, ao contrário do primeiro e por isso, assustou antes do Fluminense. Aos dois minutos, Joãozinho cobrou falta da ponta direita com muita força e obrigou Igor Lourenço a se esticar todo para espalmar a bola em escanteio.

A equipe da Região Serrana se manteve melhor na segunda etapa até os 11 minutos, com troca de passes envolvente e maior posse de bola, enquanto o Fluminense subiu a marcação e apostava nos contra-ataques rápidos para chegar com perigo ao gol do Petrópolis.

Aos 13, a equipe das Laranjeiras assustou. Queixo recebeu de Wruck na ponta direita e enfiou para Leno que entrava entre os zagueiros, o camisa sete tricolor dominou e bateu forte para defesa segura do goleiro Hugo. No minuto seguinte, Queixo aproveitou falha da defesa adversária, roubou a bola na ala, avançou com ela dominada e bateu por cima do travessão, levando perigo a meta petropolitana.

Aos 18, foi a vez do Petrópolis chegar perto do empate. Hugo avançou com a bola dominada até o meio de campo e chutou forte, levando perigo a meta do goleiro tricolor Igor Lourenço. Contudo, dois minutos depois o Flu ampliou o marcador com Deco, que da ponta direita, chutou colocado no ângulo para fazer Fluminense 2 a 0 na equipe da Região Serrana.

Até os 25 minutos da segunda etapa, mais nenhum lance de perigo no confronto. Porém, aos 26, Joãozinho do Petrópolis foi expulso após reclamar veementemente de uma marcação da arbitragem. Após a expulsão, fim do duelo vencido pelo Flu por 2 a 0.

Fonte: JornalF7
Texto: Leonardo Santos