Fluminense marca no primeiro tempo e estreia com vitória na terceira fase da Superliga

O Fluminense marcou no final do primeiro tempo e venceu o Rio Branco pelo placar mínimo de 1 a 0, em jogo ocorrido no início da noite dessa sexta-feira (6), no Iate Clube Jardim Guanabara, na Ilha do Governador, zona norte do Rio, válido pela primeira rodada da terceira fase da Superliga Fut7 – o atual Campeonato Brasileiro da modalidade. Com o triunfo, o Tricolor Carioca conquistou os primeiros três pontos.

Fluminense marcou com Queixo no primeiro tempo e saiu com a vitória
O jogo começou muito igual, com o Rio Branco procurando um pouco mais o ataque, mas não acertando o pé nas finalizações. A melhor oportunidade do inicio surgiu aos quatro minutos, com Rincón, que aproveitou bate e rebate e finalizou com perigo, a direita do gol. O Fluminense tentou responder no minuto seguinte, mas chutou sem muita direção.

Aos 10 minutos, o Fluminense chegou bem ao ataque. Em linda trama de ataque, Cebola recebeu na intermediária e arriscou de esquerda, obrigando o goleiro do Rio Branco a fazer excelente defesa. Dois minutos depois, Deco descolou linda enfiada de bola para Leno, mas Ciro saiu bem do gol, afastando o perigo.

No minuto seguinte, o Rio Branco chegou bem ao gol defendido por Igor Lourenço. Lekão bateu falta da altura da linha de shoot-out, mas Igor Brum, bem posicionado, cortou de cabeça, mandando para escanteio. Aos 16, foi a vez do Fluminense chegar em cobrança de falta. Em jogada ensaiada, Wruck recebeu na frente da área e tentou colocar no ângulo direito, mas a bola foi para fora, assustando o goleiro Ciro.

Após as oportunidades, o jogo ficou mais preso no meio de campo, com as duas equipes buscando o ataque, mas não conseguindo vencer a marcação adversária, cortando os lances. Quando tentavam finalizar de longe, a bola ia sem direção.

Apenas aos 24 minutos o Fluminense conseguiu abrir o placar, com Queixo. Aproveitando bobeada na saída de bola, Deco ficou com a bola e passou para Queixo. Com o goleiro já fora da jogada, o ala finalizou para inaugurar o marcador no Iate Clube Jardim Guanabara.

O Rio Branco começou melhor no segundo tempo, buscando mais o ataque. Na melhor oportunidade, aos três minutos, Rincón recebeu enfiada de bola, mas caiu dentro, com o banco da equipe capixaba pedindo pênalti. Aos seis, o Fluminense respondeu com Wruck, que aproveitou a tentativa de subida de Ciro ao ataque e bateu por cobertura, com a bola indo para fora.

Aos sete minutos, mais uma vez o Fluminense chegou, com Wruck, que pegou sobra da zaga e soltou uma bomba, com a pelota passando a direita de Ciro, que acompanhou a bola indo para fora. Quatro minutos depois, o Rio Branco respondeu com Gato, que finalizou forte, mas parou na excelente defesa de Igor Lourenço, com a bola tocando no travessão antes de sair.

Aos 14 minutos, o Fluminense chegou mais uma vez, novamente com Wruck, que finalizou forte para a excelente defesa de Ciro. No minuto seguinte, a equipe capixaba respondeu com Fabinho, que finalizou cruzado, assustando o goleiro Igor Lourenço. Menos de um minuto depois, mais uma oportunidade, com Rhuan, que encheu o pé e carimbou a trave direita do Tricolor Carioca.

Três minutos depois, Bruninho aproveitou o toque de bola errado do Fluminense, roubou no campo de ataque e, cara a cara com Igor Lourenço, finalizou para fora, tirando muito do arqueiro e do gol. No minuto seguinte, o Tricolor respondeu. Fabinho acelerou pela direita e serviu Deco, que chutou para a boa defesa de Ciro.

Aos 19, o Rio Branco respondeu após boa jogada de ataque, com Rincón finalizando por cima da meta tricolor. Após o lance, a equipe capixaba seguiu mantendo a posse de bola no ataque, enquanto o Fluminense segurava a ofensiva adversária. Com isso, o Tricolor Carioca se saiu melhor, sendo mais eficiente e conquistando os três pontos.

Fonte: Jornal F7
Foto: Leonardo Santos/JornalF7.com 
Texto: Henrique Schmidt