Torcida tricolor levará o fundador Oscar Cox de volta para o Flu

Uma dia para a história. O Fluminense convida os torcedores a celebrar o fundador e a própria grandeza. No, sábado, 5 de dezembro, a partir do meio-dia, na esquina da Rua Marquês de Abrantes com a Paysandu, quarteirão em que foi fundado o clube, será iniciada uma caminhada com o nobre objetivo de levar o busto de Oscar Cox para a sede das Laranjeiras. E mais uma vez o Tricolor precisa de número. A participação da torcida é fundamental neste que promete ser um ato inesquecível.

- Vai ser muito especial fechar oficialmente o terceiro projeto de crowdfunding do Fluminense com o torcedor carregando de volta o fundador do clube para a sua casa. Os tricolores abraçaram a ideia e, assim, conseguimos viabilizar a justa homenagem a Oscar Cox. Nada mais emblemático, então, do que envolver os financiadores da ação para fazer parte da história. A torcida pode marcar presença mais uma vez e fazer a diferença – afirmou o presidente Peter Siemsen.

A entrega do busto do Oscar Cox só é possível graças ao empenho da torcida que não só viabilizou a FluFest, festa de aniversário do clube, como também superou a meta. A comemoração também é importante marco para o calendário de comemorações do 450 anos do Rio de Janeiro.


- Oscar Cox foi o grande responsável pelo futebol ter chegado ao Rio de Janeiro. Ele pensou no esporte de forma profissional. Depois de Estácio de Sá, fundador da cidade, é o maior carioca de todos os tempos. Antes o Rio era como uma fotografia em preto e branco. Depois de Oscar Cox ela deixou de ser a capital das regatas para se tornar a capital do futebol – disse o membro do departamento Flu-Memória, Heitor D’Alincourt.

Filho do inglês George Emmanuel Cox e da carioca Minervina Dutra Cox, Oscar Alfredo Sebastião Cox nasceu no Largo dos Leões, bairro do Humaitá, Rio de Janeiro, em 20 de janeiro de 1880. Foi em 1897, após retornar de um período de estudos na Suíça, que Oscar Cox começou a trabalhar a ideia de criar um clube voltado para a prática do futebol, esporte praticamente desconhecido na cidade, então vocacionada para o remo.

Foram algumas tentativas de popularizar o novo esporte. Em 1901, Oscar Cox regressou da Inglaterra com algumas bolas e também trouxe a novidade da grande área. Após conseguir organizar jogos entre cariocas e paulistas naquele ano, foi em 21 de julho de 1902, ao lado de outros 20 sócios-fundadores, que Oscar Cox fundou o Fluminense Football Club. A cidade mudou.

- Oscar Cox não teve descendentes diretos, mas o seu idealismo em 1902 gerou milhões de filhos, netos, bisnetos, trinetos, tetranetos e o seu legado será passado por todas as gerações. Se não fosse a sua persistência, o futebol talvez não seria a grande paixão do brasileiro, pois graças ao Fluminense, o foco esportivo do Rio de Janeiro deixou de ser apenas remar – afirmou Dhaniel Cohen, integrante do Flu-Memória.

Para o Fluminense Football Club, homenagear Oscar Cox é mais do que uma questão de Justiça. É um dever clubístico de gratidão. Se você pretende fazer parte da ação, envie um e-mail para flufest@fluminense.com.br. As vagas são limitadas. Apenas 100 privilegiados tricolores poderão caminhar da Rua Marquês de Abrantes, onde Oscar Cox fundou o Fluminense, até a sede das Laranjeiras carregando o busto antes do lançamento oficial.

Comunicação Institucional FFC
Foto: Bruno Haddad / Divulgação FFC 
Fonte: Site Oficial do Fluminense FC