Atualmente estamos operando somente nas nossas redes sociais oficias

Diego Souza precisa ser regularizado nesta sexta para enfrentar o Madureira

Confiança e ansiedade. Principal reforço do Fluminense para o setor de criação em 2016, Diego Souza ainda não conseguiu fazer sua reestreia oficial pelo Tricolor - jogou apenas no Torneio da Flórida. A expectativa é que o jogador esteja à disposição do técnico Eduardo Baptista para a partida da próxima quinta-feira, contra o Madureira, pela terceira rodada do Campeonato Carioca. Mas para isso, o contrato do apoiador precisa aparecer no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, até esta sexta.

O recesso de Carnaval pode atrapalhar. Após o expediente desta sexta, a entidade máxima do futebol brasileiro só vai reabrir na próxima quinta. O regulamento do estadual diz que a inscrição deve ser feita dois dias úteis antes do jogo - por isso a necessidade de resolver a questão até esta sexta. A diretoria tricolor está confiante de que tudo vai ser resolvido a tempo.

Diego Souza ainda não estreou pelo Fluminense
Burocracia ucraniana atrapalha

Dos cinco reforços contratados pelo Fluminense, apenas Diego Souza ainda não tem condições de jogo. A burocracia ucraniana é o principal entrave. Depois de se destacar defendendo o Sport por empréstimo em 2015, o meia foi comprado do Metalist por 600 mil euros (cerca de R$ 2,6 milhões) em duas parcelas. Ao contrário dos principais centros do futebol na Europa, a janela de transferências da Ucrânia abriu apenas no domingo passado - último dia de janeiro. Só então o contrato do camisa 10 com o Metalist voltou a ter validade. Foi o mesmo problema enfrentado pelo Flamengo na regularização de Alan Patrick. Como era um novo empréstimo do Shakhtar Donetsk, a situação acabou sendo resolvida mais rapidamente.

O TMS (Transfer Matching System), sistema da Fifa relativo às negociações, já foi preenchido pelo Fluminense faz tempo. Com a abertura da janela ucraniana, o Metalist já pode fazer o mesmo processo, informando a venda ao Tricolor. Só então a CBF estará apta a solicitar a transferência do jogador para o Brasil. A partir deste ponto, a federação da Ucrânia tem 15 dias para efetivar a mudança. Como a transferência é internacional, o Tricolor depende da CBF e, por isso, o recesso de Carnaval da entidade preocupa. A diretoria tricolor já mandou e-mail para as partes envolvidas cobrando agilidade.

Revelado em Xerém, Diego Souza volta às Laranjeiras depois de dez anos por pedido do técnico Eduardo Baptista, com quem trabalhou no Sport em 2015. Além dele, o Tricolor contratou os zagueiros Renato Chaves e Henrique, o meia Felipe Amorim e o atacante Richarlison. Tirando o último, que se lesionou, todos os outros já estrearam em partidas oficiais.

Fonte: Ge
Foto: Nelson Perez/Fluminense FC
Texto: Edgard Maciel de Sá e Hector Werlang

About Me

Tecnologia do Blogger.

Blog Archive

Comments

Destaques

Facebook

Destaques

Find Us On Facebook

Random Posts

Advertise

Futebol

Nosso Instagram

Social Share

Random Posts

Destaques

Sponsor

Recent comments

Destaques
Destaques

Labels

Labels

Advertise

Destaques

Recent Comments

Destaques

Popular Posts

Recent Comments

Pages

Pages

Popular Posts

Most Popular

Curta nossa Fan page

Destaques